dezembro 13, 2004

Envergonhados, humilhados e... Agredidos!

Fui ao Restelo apoiar a equipa. Nunca os assobiámos, nunca os insultámos até ao fim do jogo. Não fomos para a porta da saída dos jogadores porque não é a nossa "casa". Fomos para o estádio da Luz esperar a equipa para mostrar a nossa revolta, para lhes dizermos ali, na nossa "casa" que é vergonhoso o que andam a fazer dentro de campo. E ficam a saber que é proibido manifestar indignação para com a nossa própria equipa, mesmo que paguem cotas de sócios, bilhetes de jogos e que sejam de alguma claque! Aliás, é caso de polícia. Umas dezenas de adeptos indignados mereceram a presença de três carrinhas da polícia de choque devidamente equipa com a tradicional artilharia que lhe conhecemos. O Autocarro vinha protegido com batedores da GNR e nem um segundo parou. As faces dos jogadores mostravam o seu medo em ouvir o que não queriam, e muito pior, o estado em que os seus luxuosos carros poderiam ficar. Nem uma palavra, nem um gesto, nem um dirigente para nos ouvir ou para conversar. Apenas, e só, carrinhas com grades, bastões e armas, para enfrentar a tristeza e a irritação de umas dezenas de adeptos que nunca viram as costas ao seu clube, que resolvem vir para o seu estádio em vez de arranjar confusão num recinto que não é o deles. Só houve tempo para se gritar bem alto à passagem do confortável autocarro em que os meninos vinham, e que foi comprado e é mantido com o nosso dinheiro: "Uma vergonha, vocês são uma vergonha". Penso que não é mentira nenhuma, não ofende e não é ilegal. Só que isto sou eu a pensar, porque quem lá esteve assistiu a uma inacreditável demonstração de força da polícia. Provavelmente, seriam homens que estavam com vontade de malhar há muito tempo e se têm uma "encomenda" destas é claro que soltam todo o seu talento de guerrilheiros frustrados. Depois do autocarro ter entrado na garagem, o cerco aos adeptos, que se concentravam na rotunda ao pé do relvado sintético nas traseiras do Media Market, apertou e apesar de quase todos os benfiquistas tentarem explicar aos polícias que não estavam ali para matar ninguém, nem destruir nenhum material, porque, como é evidente, não querem fazer mal ao seu próprio clube, a reacção dos elementos da PSP foi ameaçadora e chegaram a distribuir bastonadas. Depois retiraram-se em bloco, parecendo que tudo ia ficar calmo. Só que a desmobilização da polícia fez com que todos os adeptos fossem a correr para a garagem do estádio para finalmente mostrarem a sua revolta para com aqueles que são pagos de maneira exagerada para aquilo que dão ao clube. É nesta altura que tudo se torna vergonhosamente grave. As mesmas carrinhas que tinham abandonado a rotunda, voltaram para trás e despejaram todos os homens da "segurança pública" que correm em direcção ao túnel e começam a agredir com bastonadas tudo o que mexia. Foram momentos de pânico, tudo a correr cada um para seu lado, era uma questão de sorte levar tareia ou ficar a ver aquela cena inacreditável. Às bastonadas juntaram-se tiros(!!) e detenções. E agora, pergunto eu, os detidos vão ser acusados de quê? De estarem pior que estragados com uma derrota por 4-1 contra o Belenenses, jogo que pagaram para assistir ao frio e à chuva enquanto apoiavam os jogadores? É crime?! Como não havia por perto câmaras de televisão, jornalistas de rádio ou televisão, não houve como amenizar a carga policial. Claro está que depois de tudo isto, dirigentes, técnicos ou jogadores... Nem vê-los! Estava cumprida a missão de não incomodar os senhores. Contados que estão os factos, passo às interrogações. Afinal, o que fazia ali tanta polícia? Só consigo perceber aquele aparato todo devido a algum pedido da parte do Benfica. E, se assim foi, fico intrigado. O Benfica foi goleado no Restelo com milhares de adeptos seus nas bancadas a apoiarem. Apesar da vergonha e humilhação que sentiram nada de mais se passou no estádio do Restelo. Acontece que algumas dezenas de pessoas continuam a não se conformar com estes resultados negativos, infelizmente, cada vez mais frequentes. Entre esses inconformados estou eu que também achei justo sair do estádio do Restelo e ir até à Luz mostrar aos responsáveis desta triste noite o meu inconformismo. Quando se ganha os jogadores adoram as palmadinhas nas costas, os dirigentes fazem questão de passear entre os adeptos. Então e quando há noites vergonhosas não podem dar a cara, pedir desculpa e ouvirem umas vozes irritadas?! É que, note-se bem, estou a falar de um ajuntamento de poucas dezenas de pessoas, e não de uma multidão em fúria! Os responsáveis do Benfica chamaram a polícia para quê? Têm medo de quê? Mesmo que se ponha a hipótese de não ter sido o Benfica a pedir a protecção, não percebo como é que não se dignaram a falar connosco. O Benfica é um clube, não é um governo, nem uma empresa, nem um partido político. É um clube que vive da dedicação dos seus sócios. Alguns deles sacrificam-se para acompanharem o clube a todo o lado, como é o caso daqueles que estavam ali. Se não podemos manifestar os nossos sentimentos no nosso estádio, onde o podemos fazer?! Vergonha maior que aquela que se vai vendo dentro de campo só esta demonstrada pelos responsáveis do clube da águia. Nem é de estranhar, afinal quantos benfiquistas haverá nesta direcção?!

João Gonçalves - Terceiro Anel

Posted by sicdiaseguinte at dezembro 13, 2004 06:48 PM
Comments
por amor de deus!a cinha saiu de la pk viu k era assobiada por todas as pessoas!akela defesa do benfica é mto miseravel!eu se fosse o sr. luis felipe vieira ia outra vez ao ministro fazer queixa do ataque poderoso do belenenses! parabens ao Porto voltou a demonstar k é a melhor equipa portuguesa!abraços de 1dragao mto contente!! Posted by: keimado at dezembro 14, 2004 12:55 PM
Caro bloguista que escreveu e descreveu a cena no Estádio da Luz. O que esperava?!!!Que os dirigentes eleitos democraticamente (mas não democráticos) tivessem atitudes democráticas? Agora para tirá-los de lá só com "bomba"democrática como o Presidente fez à mesma "raça" de democratas da Quinta das Celebridades.É só ler acima a opinião de uma tal "carla" sobre a Cinha Jardim. É só conhecer o percurso democrático destas "senhoras" da Linha e tem um retrato do seu Clube e da democracia-cassete que lá impera e mais acontecerá pois agora deixaram de ter o apoio do Governo e passarão a ser tratados em pé de igualdade. Paciência! SILVA Posted by: Silva at dezembro 14, 2004 12:23 PM
Percebo a vossa fúria. Afinal, alguns dos jogadores em campo ganham tanto como todo o plantel do Belenenses num mês. Mas orçamentos não ganham jogos. Força para o resto do campeonato. Um abraço de um pastel feliz da vida, e aproveitem e visitem o Blog do Belenenses (http://belenenses.blogspot.com) Posted by: Luciano Rodrigues at dezembro 13, 2004 07:24 PM
Quero dar os parabens e o meu apreço por tao nobre actitude , quando prescindiu do premio da Quinta das Celebridades e da fama , assim que soube da dissoluçao da assembleia da repiblica , afim de manifestar em directo para que todo o pais saiba , que o fez por reconhecimento ao trabalho da coligaçao e dos quais ate destaca os ministros do CDS/PP. Foi acto de coragem , que nos dias actuais poucas teriam coragem. Terá concerteza o meu voto, pois o premio que deixou de ganhar , ira ver recompensado no partido que ela acredita. E vendo bem , ate cumpriram quase tudo o que haviam prometido, lembro o fim do serviço militar, aumento das pensoes de reforma, etc... Os meus parabens Cinha Posted by: Carla at dezembro 13, 2004 07:01 PM
Comentário









Lembrar-se de mim?